Presidente Alex Redano prestigia Roda de Conversa promovida pela Arom

Mosquito


Incremento financeiro aos municípios é discutido na Assembleia Legislativa

O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), participou na manhã desta quarta-feira (14), no auditório da Casa, da abertura da Roda de Conversa promovida pela Associação Rondoniense dos Municípios (Arom), para a discussão da otimização e captação de incrementos financeiros em benefício dos municípios.

“Sempre me posicionei em defesa do municipalismo e do fortalecimento das receitas municipais. Esse evento é uma oportunidade de se discutir o incremento nas receitas, assunto que tem o interesse de todos os gestores municipais”, declarou Redano.

Alex Redano disse que é uma honra receber autoridades e profissionais de outros Estados, que vêm trazer a sua experiência e dialogar com os nossos gestores. “Ser prefeito é uma missão árdua. Sei que não é fácil para um gestor municipal, mas o Célio Lang tem agido com muita maestria como prefeito e presidente da Arom e tem o nosso reconhecimento”, acrescentou.

Prefeitos, secretários, procuradores e técnicos acompanham presencial e virtualmente o evento, que conta com a presença de gestores de outros Estados, que trazem suas experiências que podem ser aproveitadas também nos municípios rondonienses.

“É um tema que todos os prefeitos têm interesse. No pós pandemia, os gestores serão cobrados por resultados como escolas, asfalto, drenagem, estradas, apoio para os agricultores e muitas outras ações. Agora, de forma justa, o foco é o combate à pandemia, mas isso deve mudar e obriga os gestores a buscarem incremento na receita, ampliando a sua capacidade de investimentos”, completou Redano.

Dívidas

O prefeito Célio Lang fez um pedido aos deputados estaduais, para que as grandes empresas devedoras possam ter acesso ao Refis, que possam pagar os débitos, o que contemplaria aos municípios. “Prefeitos esperam essa aprovação e são milhões que entrariam nos cofres dos municípios e também nos Estados. Peço apoio dos deputados para que o Governo encaminhe esse projeto aqui para a Casa, para ser apreciado e aprovado”, disse Lang.

Segundo Redano, “temos mais de 100 empresas que devem valores elevados. Estamos sim discutindo esse assunto, que é muito polêmico e cabe ao Governo encaminhar o projeto. É importante receber, mas que isso gere um impacto financeiro para os municípios, que beneficiem a população, de forma direta”.

Texto: Eranildo Costa Luna-ALE/RO

Foto: Diego Queiroz-ALE/RO


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here