PORTO VELHO: Exaltando a honestidade, Pimentel diz que é ficha limpa, apesar de ter administrado bilhões

Coronavírus

“Em doze anos como secretário municipal e estadual de saúde fui responsável direto pela movimentação de orçamentos de bilhões de reais. E não pesa contra meu nome nenhum inquérito, denúncia ou ação penal, conforme atestam certidões de todas as esferas judiciais. Passei ainda pelo crivo da Justiça Eleitoral e pelo olhar atento, talvez mais rigoroso ainda, dos candidatos adversários. Obtive o registro de minha candidatura com base em documentação imaculada, com a ficha limpa, sem qualquer irregularidade em minha vida pública”.

A manifestação do candidato do MDB – 15, Williames Pimentel, foi provocada pela mediadora do debate realizado pela SIC-TV. Em pergunta formulada pela produção ela afirmou que “O senhor enfrentou, como gestor, pelo menos dois momentos em que foi denunciado por irregularidades. O que de fato aconteceu? Porque o senhor acredita ter sido tão perseguido?”  Pimentel não chegou a exibir, mas deixou transparecer,na serenidade do semblante, uma certa satisfação pela oportunidade de abordar o assunto e esclarecer de uma vez a questão. É que o mesmo sistema de investigação, que condena à execração pública apenas por “indícios”, se cala quando a inocência é comprovada.

– Há um equívoco da emissora – respondeu Pimentel, para questionar a formulação da pergunta e acrescentar: “Eu nunca fui denunciado! O primeiro inquérito em fui envolvido, em Brasília, foi arquivado, depois de meu nome ter sido excluído. A segunda investigação permanece há dois anos inconclusa. Esta mesma emissora já foi vítima e publicou vários editoriais levantando a questão desse tipo de injustiça. A diferença é que contra minha pessoa não existe inquérito, não existe denúncia, não existe ação penal. Por isso estou plenamente autorizado e capaz de olhar nos olhos do eleitor e pedir o seu voto”.

As pessoas em geral não sabem exatamente como se processa a administração dos recursos constitucionais destinados à saúde no orçamento público do estado e da união. São centenas de milhões de reais movimentados exclusivamente pelo secretário. Por isso Pimentel chamou, preventivamente, a colaboração de um conselheiro do Tribunal de Contas e de um procurador do Ministério Público para orientá-lo na tomada de decisões sobre investimentos tão logo assumiu a titularidade da Sesau,

– Quero ser prefeito de Porto Velho para fazer aquilo que sei de melhor: cuidar de pessoas. Sou visceralmente democrata, mas fundamentalmente humanista e sempre haverei de colocar o bem estar do cidadão acima de questões de cunho ideológico, preferência partidária, opção política, cor da pele ou credo religioso. Como democrata, busco sempre tratar desigualmente as desigualdades. Como humanista e portovelhense, quero buscar articulação suficiente de todos os setores da sociedade para uma forte mobilização em favor da construção de uma cidade melhor para todos. E vamos mostrar resultados já nos primeiros dias de governo.

A declaração, de Wlilliames Pimentel (MDB-15), logo após o debate da SIC-TV, mostra um candidato ainda mais estimulado a buscar com determinação o apoio do eleitorado portovelhense nessa reta final da campanha. Ele observa com satisfação que o evento permitiu consolidar, para o cidadão de Porto Velho, o acerto de seu projeto “Saúde é Tudo” – base de seu programa de governo. Isso ficou evidenciado não apenas por suas declarações no encontro, mas também pelas palavras dos adversários participantes, que demonstram adotar suas propostas.  “A diferença é que eles imaginam o que é preciso fazer, enquanto nós sabemos o que fazer e principalmente como fazer” – disse ele.

Fonte: Assessoria

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA