Cabo da PM passa por cirurgia após ataque de idoso

Coronavírus

Cabo da PM passa por cirurgia após ataque de idoso

O cabo da Polícia Militar de 35 anos, que foi atacado com um golpe de facão na mão desferido por um idoso de 68 anos, precisou passar por um procedimento cirúrgico, ficou estável, mas deixou o Hospital João Paulo II, segundo informou a assessoria de comunicação. O crime aconteceu na noite de domingo (27), na Rua Antônio Fraga Moreira, Bairro Tancredo Neves, na Zona Leste de Porto Velho. O agressor, que foi alvejado com dois tiros, também passou por cirurgia.

De acordo com a assessoria do hospital, o militar deu entrada na unidade apresentando ferimento na região palmar da mão esquerda com comprometimento de região dorso-ulnar, profundo, atingindo estruturas músculo-tendinosas, neurológicas, vasculares e ósseas. Por conta da gravidade, ele rapidamente foi encaminhado para sala de cirurgia.

Já o idoso, que também foi encaminhado para o centro cirúrgico, precisou passar por um procedimento de fixação, segundo a assessoria. Ele foi alvejado com um tiro no joelho e um de raspão no tórax, desferidos pelo cabo da Polícia Militar.

O estado de saúde dos dois foi considerado estável pela equipe médica. Na segunda-feira (28), após passar por cirurgia, o militar deixou o Hospital João Paulo II.

O crime

A Polícia foi informada que a motivação teria sido por conta de um acidente de trânsito ocorrido minutos antes.

A esposa do policial relatou que o marido viu um veículo modelo Celta fugindo após bater na traseira da caminhonete do idoso e estava tentando ajudar a alcançar o motorista. O idoso teria confundido e pensava que o carro do policial teria batido na caminhonete dele.

Durante o trajeto, que foi registrado por câmeras de segurança, o idoso para o veículo, desce com um facão na mão e vai em direção do veículo do policial militar, que para logo atrás do carro do idoso.

As imagens mostram o momento em que o idoso desfere um golpe de facão e atinge a mão do policial, causando um corte profundo. Para se defender, o cabo atirou cinco vezes em direção do idoso, acertando um tiro no joelho do agressor e um de raspão no tórax.

A esposa do policial, que estava com ele dentro do veículo, assumiu a direção do carro e socorreu a vítima até a UPA Leste. O idoso foi socorrido até o Hospital João Paulo II.

Fonte: rondoniagora

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA