Cristiane Lopes anuncia delegado Pedro Mancebo como pré-candidato a vice prefeito de Porto Velho

Coronavírus

Professor universitário há 26 anos, o delegado aposentado Pedro Mancebo já foi diretor da Polícia Metropolitana

A vereadora e pré-candidata à prefeitura de Porto Velho, Cristiane Lopes (PP), anunciou na noite desta sexta-feira (25), através de uma live no Facebook, o delegado Pedro Mancebo (PROS) como pré-candidato a vice prefeito na chapa que concorre às eleições de novembro. “Ele tem uma longa experiência na vida pública. Um curriculum extenso de trabalho e dedicação a nossa cidade, e tem a mesma visão de desenvolvimento que eu sonho e desejo para Porto Velho”, disse Cristiane sobre seu vice.

Professor universitário há 26 anos, o delegado aposentado Pedro Mancebo de 59 anos, já foi Diretor da Polícia Metropolitana, onde comandou todas as delegacias de Porto Velho e Candeias do Jamari. Por quase 10 anos esteve à frente do Instituto de Identificação Civil e Criminal (IICC), onde deu início ao processo de informatização com digitalização das carteiras de identidade, tendo inclusive assinado mais de 550 mil identidades.

Ele possui 3 cursos de Pós Graduação e iniciou um Doutorado que não concluiu em razão de estar exercendo, à época, o cargo de Diretor Geral da Polícia Civil de Rondônia.

Cristiane Lopes disse que a união entre os partidos foi muito bem pensada, para trazer um nome de grande aceitação e com muita credibilidade junto a sociedade. “Acredito que onde existir honestidade e força de vontade, o trabalho apresenta resultados”, pontuou.

Pedro Mancebo ressaltou que, devido a profissão, conhece Porto Velho e os distritos como a palma da mão. Disse que teve a oportunidade de percorrer toda a capital e as localidades, onde viu de perto a grande necessidade do povo, especialmente os menos favorecidos. “É uma grande satisfação estar ao lado de uma mulher forte e guerreira, e ajudar na transformação que a nossa cidade precisa. Estou de braços dados por uma Porto Velho que atenda às necessidades de todos”, frisou.

Fonte: News Rondônia

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA