Recode oferece 500 bolsas integrais do Descomplica para preparação ao Enem

Coronavírus

A Recode, em parceria com o Descomplica, vai distribuir bolsas de estudos com 100% de desconto para ajudar os jovens na preparação para o Enem. Os 500 primeiros participantes que concluírem os cursos on-line de tecnologia da Plataforma Recode indicados no regulamento serão contemplados com a gratuidade no sistema educacional que já aprovou 230 mil alunos em instituições de Ensino Superior.

Enem 2020 foi adiado de novembro para janeiro e fevereiro de 2021 por causa da pandemia no coronavírus — Foto: André Melo Andrade/Myphoto Press/Estadão Conteúdo

“Vivemos em um cenário onde as escolas estão fechadas e, muitas vezes, incapazes de adotar um modelo de aulas on-line. Por outro lado, os jovens em situação de vulnerabilidade social precisam estudar para o Enem e não possuem os recursos necessários para fazer uma boa prova. O projeto da Recode com o Descomplica chega para causar impacto e abraçar esses estudantes para que tenham uma preparação adequada e possam ingressar em uma universidade”, ressalta o gerente de Tecnologia e Pedagogia da Recode, Eduardo Ferrão.

No curso preparatório Descomplica, o estudante terá acesso a aulas ao vivo e a uma biblioteca completa com videoaulas, além de exercícios, simulados e crédito para monitoria.

“As missões do Descomplica e da Recode se encontram de formas muito claras. Trabalhando juntos, conseguimos ampliar acessos e oportunidades. Que essas bolsas sejam apenas as primeiras e que a parceria ‘DescoRecode’ dê frutos e transforme vidas”, destaca a coordenadora de Marketing e Comunidades do Descomplica, Flavia Maria Alvim.

Para participar, é necessário ter pelo menos 15 anos, acessar a página recode.org.br/bolsasdescomplica e seguir os passos. O prazo para a conclusão das atividades vai até o dia 15 de outubro.

A Recode

A Recode é uma organização que, há 25 anos, usa a tecnologia para gerar oportunidades e estimular a transformação social e o empoderamento digital. Em rede com instituições comunitárias, escolas públicas e bibliotecas, promove a formação gratuita de jovens em tecnologia com foco em impacto social, além de apoiar o desenvolvimento de educadores como agentes de transformação.

 

 

Fonte: Assessoria

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA