Blitz orientativa é realizada em Candeias do Jamari para alertar sobre os riscos das queimadas

Coronavírus

Blitz orientativa é realizada em Candeias do Jamari para alertar sobre os riscos das queimadas

A Coordenadoria de Educação Ambiental da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), segue desenvolvendo ações preventivas às queimadas e incêndios florestais.

No último dia 21, foi organizado pelo Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) com o apoio da Coordenadoria de Educação Ambiental da Sedam dois pit stops em Porto Velho, um pela manhã e outro pela tarde, com a finalidade de alertar a população sobre o perigo das queimadas, principalmente em tempos de pandemia.

Na quinta-feira (27) foi a vez do município de Candeias do Jamari receber uma bliz de Educação Ambiental. A ação organizada pela Coordenadoria da Sedam, teve apoio do Batalhão de Polícia Ambiental, Departamento Estadual de Trâsito (Detran) e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam) de Candeias do Jamari. Além de alertar a população sobre os perigos das queimadas, a blitz teve o objetivo de relembrar a população que ela também pode fazer sua parte no combate as queimadas, através de denúncias.

Fernando de Sousa Moura, fiscal ambiental da Semam, ressaltou a importância do alerta, pois em tempos de pandemia os hospitais já estão lotados e não iriam suprir a necessidade que sempre surge em períodos de queimadas, onde a população sofre com problemas respiratórios e consequentemente precisam recorrer a inalação nos hospitais.

Durante a blitz carros recebem adesivo da campanha com o número de telefone para denúncias

As ações realizadas tem por base o Plano de Gestão Ambiental de Prevenção ao Desmatamento e Combate à Queimadas e Incêndios florestais do Estado.

Lembrando que a população pode denunciar, quando se tratar de queimadas urbanas a denúncia é feita na Secretaria Municipal de  Meio Ambiente do seu município e quando se tratar de queimadas na área rural, as denúncias são realizadas na Sedam, através dos canais de atendimento: 0800 647 1150 – (69) 3212-9648 -(69) 9 8482-8690 (whatsapp) – [email protected]

Além da opção de denúncia, através do aplicativo Guardiões da Amazônia. A ferramenta permite que o cidadão registre com foto e coordenada geográfica o local exato de uma queimada ou outros delitos ambientais. A denuncia é repassada ao órgão fiscalizador onde serão tomadas as providências necessárias.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA