Governo beneficia famílias com cestas básicas e kits de higiene pessoal em Ji-Paraná

Coronavírus

Governo beneficia famílias com cestas básicas e kits de higiene pessoal em Ji-Paraná

Cerca de 1.410 famílias em vulnerabilidade socioeconômica residentes no município de Ji-Paraná serão contempladas com uma cesta básica e um kit de higiene pessoal, adquiridos pelo Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas). A medida conta com a parceria da prefeitura de Ji-Paraná na seleção das famílias que estão sendo contempladas.

Conforme programação já definida, a entrega ocorre em dois momentos: em agosto e em setembro. A primeira remessa com 705 cestas básicas e o mesmo número de kit de higiene pessoal está sendo entregue diretamente nas residências das pessoas beneficiadas a partir desta semana. As outras 705 famílias receberão os mesmos produtos e quantidade igual no mês de setembro.

O recurso de R$ 270 mil para aquisição do alimento e kit de higiene é de origem de emenda parlamentar do deputado estadual Jhony Paixão. O parlamentar entende que “as famílias carentes afetadas pela crise econômica gerada pela pandemia da Covid-19 necessitam desse apoio para manter o mínimo de normalidade nutricional durante essa grave recessão”.

A família de Larissa da Rocha Neves é uma das beneficiadas. Na quarta-feira (12) ela recebeu os alimentos e os produtos de higiene em casa, no bairro Habitar Brasil. Agradecida, ela disse que está atravessando uma fase financeira crítica e a ajuda chegou ao momento certo.

“Nossa renda é muito baixa. Vivemos com o auxílio emergencial do Governo Federal para custear todas as despesas. Meu esposo não tem trabalho fixo e recebe R$ 50 por dia numa oficina mecânica onde é aprendiz”, explicou Larissa, mãe de um garoto de dois anos e grávida de sete meses, ao agradecer a doação.

As entregas são realizadas em parceria entre o Governo de Rondônia e a Prefeitura de Ji-Paraná com o apoio de equipe de bombeiros civis. Estão aptas a receber os benefícios, as famílias devidamente inscritas nos programas sociais dos Governos Federal, Estadual e Municipal.

Antônia da Silva disse que dependia do alimento para passar os próximos dois meses

Segundo orienta a assistente social da Prefeitura, Lidiane Tanazildo, ainda é possível se cadastrar nos programas e participar da segunda remessa de entregas de alimentos. “A família que se enquadrar no perfil de vulnerabilidade social deve se inscrever em qualquer uma das quatro unidades do Centro de Referência de Assistência Social (Cras)”, destaca a assistente social.

Moradores do bairro Alto Alegre, as famílias de Deucilene Ferreira e Nair Alves também foram contempladas com as cestas básicas. “A nossa renda é apenas um salário mínimo que recebo de auxílio doença. Meu esposo é diarista na roça e nem todo dia tem serviço para ele, que já tem idade avançada”, disse Nair Alves.

A aposentada Maria Antônia da Silva e o esposo José Souza da Costa receberam a cesta na própria residência, no bairro Nossa Senhora de Fátima. “Aqui em casa já estava fraco de comida. Agora temos alimentos que vai dar para passar uns dois meses”, estima a aposentada.

O secretário regional de governo em Ji-Paraná, Everton Esteves, está à frente da logística das entregas. “Disponibilizamos servidores e veículos para agilizar os serviços facilitando aos contemplados o acesso aos produtos”, explicou Esteves.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA