Servidora da Saúde do município mobiliza mães em campanha em prol da amamentação

Coronavírus

Para estimular a amamentação, Unidades de Saúde realizam orientações durante o pré-natal

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Relatos curiosos e emocionados de mamães que valorizam a amamentação de seus pequenos estão sendo reunidos e divulgados pela fonoaudióloga Adê Dias, do Hospital Regional de Vilhena (HRV) em promoção da Semana Mundial do Aleitamento Materno. Por meio de alertas nas redes sociais e imprensa, a Prefeitura de Vilhena lembra a todas as mães que o aleitamento materno é importante estratégia natural de vínculo, afeto, proteção e nutrição para a criança e constitui a mais sensível, econômica e eficaz intervenção para redução da morte de bebês.

Leia todos os relatos no link:

http://www.vilhena.ro.gov.br/index.php?sessao=b054603368vfb0&id=1413425

Relatos de Mamães – Semana Mundial do Aleitamento Materno
Observação, as imagens estão no final da matéria, na mesma ordem em que aparecem ao longo do texto. POST 1: A Semana Mundial do Aleitamento Materno é realizada desde 1992 em mais de 120 países. Estes dias foram definidos pela OMS e pelo Unicef…
www.vilhena.ro.gov.br

Adê, que orienta algumas mamães com dificuldade no aleitamento, explica que a campanha visa levar informação ao público sobre os prejuízos de as mães interromperem a amamentação precocemente. “Eu sou consultora em amamentação. Esse ano comecei a usar as redes sociais como forma de orientação às mães. Muitas desistem de amamentar por falta de informação correta. A mãe pode escolher amamentar ou não, mas a escolha tem que ser consciente. Se ela decidiu amamentar e venha a ter dificuldades, ela tem que saber procurar ajuda. Mas, infelizmente, a maioria sofre em casa com tentativas infrutíferas e podem acabar desistindo. O objetivo é ensinar, orientar e explicar”, explica a profissional.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a amamentação é um processo muito importante para garantir a saúde do bebê e da mãe. O leite materno é rico em água, vitaminas, proteínas, gorduras e outros nutrientes essenciais para o desenvolvimento e proteção do recém-nascido nos primeiros meses de vida. Além de fortalecer o vínculo entre a mãe e o bebê, a amamentação diminui os riscos de a mulher desenvolver anemia, osteoporose, doenças cardíacas, câncer de mama e de ovário, depressão e hemorragia pós-parto.

No Hospital Regional, os bebês que apresentam dificuldade em se alimentar do peito enquanto estão na maternidade recebem ajuda de profissionais de Saúde da unidade com estímulos aos pequenos e orientações às mamães. Até mesmo antes do parto, durante a gestação, as que fazem acompanhamento nos postinhos também são orientadas.

A CAMPANHA – Durante a semana diversas publicações nas redes sociais orientam as mães sobre a importância do tema. O material é produzido em alusão à Semana Mundial do Aleitamento Materno, que acontece logo após o Dia Mundial da Amamentação, comemorado em 1° de agosto. O período é lembrado desde 1992 em mais de 120 países. Os dias foram definidos pela OMS e pelo Unicef com base na Declaração de Innocenti, assinada em 1º de agosto de 1990. Desde então o mês de agosto tornou-se simbólico na promoção do aleitamento materno no Brasil e no mundo. Em 2020, em sua 28º edição, o movimento tem como tema neste ano “Apoie o Aleitamento Materno por um Planeta Saudável”.

Semcom

Legenda

CAMPANHA DE ORIENTAÇÃO destaca importância do aleitamento materno

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA