Frentes de serviço do DER trabalham em ritmo acelerado em Ji-Paraná

Coronavírus

Frentes de serviço do DER trabalham em ritmo acelerado em Ji-Paraná

Porto Velho, RO – Atendendo a recomendações da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes (DER) está trabalhando no Aeroporto José Coleto, na cidade de Ji-Paraná. Estão sendo executados os serviços de terraplanagem para regularização da área no entorno da pista e fazendo a alteração do traçado da estrada que margeia o aeroporto, para construção da nova cerca de alambrado.

Frente de serviço do DER em Ji-Paraná

Segundo o diretor-geral do DER, Elias Rezende, “por determinação do governador coronel Marcos Rocha, o DER vem dando suporte na manutenção e melhoria da infraestrutura na área para que as adequações permitam a implantação de mais voos na cidade. Entre os trabalhos, há a conclusão de uma cerca de seis mil metros no perímetro aeroportuário, o alargamento do espaço das duas laterais da pista e um novo traçado para estrada vicinal no entorno do aeroporto, mantendo assim a trafegabilidade dos moradores da região.

Outro trabalho importante sendo executado pela 8ª Residência Regional e Usina de Asfalto CBUQ do DER em Ji-Paraná é o aterro das cabeceiras da ponte sobre o rio Urupá, na RO-135, sentido ao Distrito de Nova Londrina. De acordo com o gerente regional de operações e fiscalização, engenheiro Carlos Morais, a construção da ponte foi realizada por meio de licitação de uma empresa contratada em 2017, com uma extensão de 150 metros e largura de 11,20 metros. “A obra ainda não foi entregue à população, pois não constava no projeto licitado na época os serviços nas cabeceiras”, explica o engenheiro Morais.

Aterro na ponte sobre o rio Urupá

Para o diretor-geral do DER, a dependência de uma ponte de apenas uma via prejudica a trafegabilidade de quem entra e sai de Ji-Paraná. “É mais uma grande obra de fundamental importância. O governador Marcos Rocha pediu celeridade, eficiência e qualidade, porque essa ponte integra o acesso ao primeiro distrito de Ji-Paraná, Nova Londrina, faculdades, condomínios, enfim, beneficia toda a região”, destaca Elias Rezende.

A 8ª RR-DER tem ainda uma terceira frente de serviços trabalhando na recuperação da RO-480, em seu trecho conhecido como Linha 128. São cerca de 36 quilômetros que estão recebendo reconformação de plataforma (patrolamento) e limpeza lateral. Também durante o mês de julho, a regional do DER fez a manutenção com patrolamento e limpeza de 30 quilômetros da RO-133 (trecho conhecido como Linha 82).

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA