Adelino Follador defende revogação de exigências dos Bombeiros para as igrejas

Coronavírus
Adelino Follador
Deputado Adelino Follador

O deputado Adelino Follador (DEM), usou a tribuna da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (21), para informar que encaminhou um abaixo-assinado de igrejas de Ariquemes e região, solicitando que seja alterado o decreto que exige uma série de adequações nos prédios que abrigam as entidades religiosas, de diferentes denominações.

“Encaminhamos ao comando geral do Corpo de Bombeiros, com cópia ao governador Marcos Rocha (PSL) e ao chefe da Casa Civil, Junior Gonçalves, para que altere esse decreto, deixando de atrapalhar as igrejas com exigências que não conseguem atender. Se for cumprir todas as exigências, creio que 60% das igrejas serão fechadas”, destacou.

Segundo Adelino, “as igrejas são necessárias, ainda mais nesse momento de incertezas, com a pandemia do coronavírus, com o trabalho espiritual e o serviço social realizados pelas igrejas, sendo muito importante”.

Educação
Em seguida, Follador reclamou da falta de comunicação e de acesso aos secretários de Governo. “Em razão disso, convocamos, para a manhã da próxima terça-feira (28) o secretário estadual de Educação, Suamy Vivecananda, para esclarecer sobre investimentos, o pagamento do piso nacional e o plano para quando reabrir as escolas, além do programa Ir e Vi, do transporte escolar, e sobre a distribuição do cartão para a merenda escolar. O secretário sumiu e precisa dar uma satisfação à sociedade”, completou.

Ainda de acordo com o parlamentar, “com a reabertura dos comércios e das empresas, muitas mães que trabalham não têm com quem deixar as crianças, precisa ser feito um plano para abrir creches, dentro de um procedimento cercado de cuidados, para que os filhos possam ficar”.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA