COVID-19: Pico da pandemia no Brasil só chegará em agosto

Coronavírus

A diretora regional da Organização Mundial da Saúde (OMS) para as Américas, Carissa Etienne, deu um recado pouco animador para o Brasil. O pico do coronavírus no país só deve chegar em agosto.

O Brasil hoje tem mais de 1,4 milhão de infectados e quase 60 mil mortos, ficando atrás somente dos Estados Unidos.

“Conforme as condições atuais, acredita-se que a pandemia atingirá um pico no Chile e na Colômbia em meados de julho, mas na Argentina, Brasil, Bolívia e Peru só em agosto, e a Costa Rica só achatará sua curva de infecções em outubro”, disse Etienne em uma coletiva de imprensa virtual na terça-feira, 30, a partir de Washington.

De acordo com a autoridade da OMS, as Américas são o epicentro mundial da pandemia de coronavírus atualmente e os óbitos na região podem quase triplicar e atingir 637 mil até 1º de outubro. Só na América Latina o número de vítimas fatais pode chegar a 438 mil até outubro.

Segundo um mapeamento da Reuters, as mortes causadas pela doença respiratória na região estão em 113.844, ou quase um quinto do número global de óbitos.

Fonte: YAHOO NOTÍCIAS

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA