Paulo Skaf declara apoio ao II Festival Tambaqui da Amazônia em São Paulo

Presidente da Fiesp recebeu comitiva de Rondônia para apresentação do projeto

 

Paulo Skaf, presidente da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), conselheiro do Sebrae em São Paulo, entidade que já exerceu a função de presidente do Conselho Deliberativo Estadual é uma das maiores lideranças empresariais do país, recebeu uma comitiva rondoniense esta semana (28), quando conheceu o projeto de realização do II Festival Tambaqui da Amazônia, que acontece no fim do mês em São Paulo.

 

O secretário de estado de Agricultura de Rondônia (Seagri), Evandro Padovani, o presidente da Associação dos Criadores de Peixe de Rondônia (Acripar), Francisco Hidalgo Farina e o direto técnico do Sebrae em Rondônia, Samuel de Almeida estiveram na sede da Fiesp, momento em que apresentaram ao dirigente paulista o planejamento do  II Festival Tambaqui na Amazônia, que será realizado no centro financeiro do país, em uma grande e ousada estratégia para acesso a novos mercados para o produto rondoniense.

 

O encontro, intermediado pelo secretário de agricultura de Rondônia, Evandro Padovani e a valiosa atuação da Federação das Indústrias de Rondônia (Fiero), através de seu presidente Marcelo Thomé, foi de suma importância para o evento dedicado ao peixe amazônico pois trata-se de articulação institucional entre Rondônia e a mais representativa entidade do setor produtivo do país.

 

“Neste momento, estamos articulando e alinhando as estratégias para que o evento ocorra conforme a estratégia de conquista de novos mercados para nossos pequenos produtores de piscicultura. O Sebrae em Rondônia vem apoiando esta atividade há tempos com orientações, capacitações, desenvolvendo estratégias para aumentar a competitividade para alcançar resultados expressivos. Estamos no caminho certo e o presidente Paulo Skaf declarou apoio total ao evento. Será um sucesso, da mesma maneira que o I Festival, realizado em plena Esplanada dos Ministérios, em Brasília, ano passado”, declarou Samuel de Almeida.

 

O evento realizado na Capital Federal aumentou a venda do Tambaqui de Rondônia para todo o Brasil. Segundo informações da Associação dos Criadores de Peixes de Rondônia, ACRIPAR, a Zaltana Pescados, principal frigorífico de peixes do Estado, praticamente triplicou sua venda produtos à base do peixe no mês subsequente ao festival, saindo de 150 para 450 toneladas de produtos vendidos. O ganho de imagem da piscicultura local também foi de grande expressividade. De acordo com dados do Sebrae, o retorno de mídia espontânea e positiva ultrapassou a casa dos R$ 3 milhões de reais.

 

O II Festival da Amazônia ocorrerá nos dias 27 e 28 de Março e levará a São Paulo mais de doze toneladas de peixe, que serão assados em oito mil bandas de tambaqui em um grande churrasco no Vão Livre do MASP, na Av. Paulista. Em São Paulo estão grandes potenciais players como distribuidores, representantes comerciais, além de formadores de opinião como profissionais de gastronomia, chefes de cozinha formadores de opinião, além de ser o grande local que dita tendências e inovações. O Tambaqui de Rondônia não poderia estar em um melhor local para ser introduzido no mercado de maneira mais otimizada.

 

Quer saber mais sobre a atuação do Sebrae? Acesse sebrae.ro ou ligue gratuitamente para 0800 570 0800. Você também pode interagir com o Sebrae pelo WhatsApp, (69) 98130-5656, Instagram, FacebookTwitterLinkedIn e YouTube nos canais Sebrae/RO.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA