Chiquinho da Emater participa de audiência publica para debater sobre Zona Portuária do Baixo Madeira e rota alternativa da Estrada do Belmonte

   O deputado Chiquinho da Emater (PSB) participou na manhã desta sexta-feira (18/10), no auditório da Câmara Municipal de Porto Velho, de uma audiência publica que contou com a presença do vereador Edwilson Negreiros (PSB), do secretario de Estado da Sedam, Elias Rezende, de membros de associações, engenheiros e empresários do setor portuário para tratar sobre políticas para regulamentar o fomento de empresas na região do Baixo Madeira, bem como a criação de uma rota alternativa da Estrada do Belmonte, visando melhorias de logística aos grupos que transportam mercadorias até o porto.

Chiquinho disse que a Expresso Porto abriga inúmeras empresas que contribuem significativamente com a economia do Estado e que o projeto da nova rota está sendo estudada para ser implantada, ligando à estrada do Belmonte, retirando da área central de Porto Velho o grande fluxo de carretas.

 

O parlamentar foi enfático em explanar que, caso não haja uma alternativa, Rondônia corre o risco de perder receitas, com a saída de empresas ligadas ao setor de combustível e de grãos, principalmente, para se instalarem no município de Humaitá (AM). “Hoje, as empresas enfrentam muitas dificuldades no acesso à Estrada do Belmonte e se perdermos essas empresas, teremos uma perda enorme de receitas”.

 

O parlamentar mobilizou a união dos poderes para viabilizar uma rápida ação para solucionar este caso e indicou que a nova rota ligaria com a chamada Expresso Porto, já aberta dando acesso até os portos Amaggi e Bertolini.

 

“Esta alternativa é mais viável, pois falta menos de dez quilômetros, sem rios e com mais facilidades para fazer a travessia pela área urbana no centro da capital. Precisamos dinamizar ações para resolver isso na próxima audiência publica que irá ocorrer brevemente”, pontuou Chiquinho da Emater.

 

Outro assunto debatido pelo deputado é respectivo a Zona Portuária, onde Chiquinho indica que o poder público precisa estabelecer políticas para regulamentar o fomento da atividade portuária na Região do Baixo Madeira, criando formas para desburocratizar as atividades e atrair mais empresas para investir, gerando assim mais emprego e renda em Rondônia.

O parlamentar também destacou o crescimento do agronegócio regional e disse que Porto Velho é um lugar de logística favorável para boas negociações, porém precisa dar condições para as empresas que operam no setor portuário permanecerem e se estabelecerem com qualidade, de modo a facilitar a importação e a exportação do que produzem.

 

No final Chiquinho da Emater salientou que além de investimentos nas estruturas dos terminais portuários e de estradas para o escoamento da produção é necessária a parceria público- privada para atender as novas tendências do segmento, fortalecendo o setor para evitar a perda de investidores para outros Estados.

Redação Site Acontece RO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA