Escola do Legislativo oferece cursos a alunos especiais

Matrículas serão abertas na terça-feira para 16 disciplinas do mês de outubro

Mensalmente a Escola do Legislativo (EL), da Assembleia Legislativa (ALE), promove cursos com a finalidade de aprimorar os trabalhos oferecidos pelo servidor público. Centenas de alunos ampliam seus conhecimentos dando celeridade e eficiência dos serviços prestados aos parlamentares e à população, inclusive com a participação de alunos especiais.

A Escola atende servidores das câmaras municipais, prefeituras, executivo, judiciário, superintendências e órgãos federais, municipais e estaduais. Alunos especiais com deficiências visuais, físicas, motora e até adolescentes, que se encontram em situação de acolhimento institucional, da unidade Casa da Moradia, da Prefeitura de Porto Velho sem condições financeiras para pagar um curso são atendidos na escola.

“Na inscrição, não importa o curso, o aluno, desde que esteja enquadrado na idade e nível de escolaridade reivindicados pela escola é matriculado e recebe atenção especial como o nível de ensino exige”, diz o diretor geral Fábio Ribeiro. Isso é possível, destaca Fábio, graças ao apoio da mesa diretora da ALE, presidida pelo deputado Laerte Gomes (PSDB).

Com um certificado em mãos, o aluno deixa a unidade de tratamento em melhores condições de conseguir emprego. Segundo Fábio, “aqui na escola o aluno, não importa a sua posição social ou condição física é educado e preparado para enfrentar os desafios da sobrevivência, para prepara-las para o difícil dia-a-dia”.

As matrículas dos 16 cursos, para o mês de outubro, que inicia amanhã (1º) estarão abertas a partir das 8h na sede da EL na rua Major Amarante, bairro Arigolândia, em Porto Velho, onde antes estava a ALE. Os cursos são gratuitos e no ato da matrícula é solicitada a doação de uma lata de leite em pó de 400g, que posteriormente será distribuído a dezenas de entidades beneficentes cadastradas pelo Banco de Leite.

Foto: Marcos Figueira-Decom-ALE-RO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA