Ismael Crispin propõe audiência Pública para debater desenvolvimento industrial no estado de Rondônia

A audiência pretende fortalecer atividades do setor produtivo e contribui para encontrar soluções no Empreendedorismo.

A Assembléia Legislativa de Rondônia realizou, ontem, quinta-feira (11) audiência pública para debater o Desenvolvimento Industrial do Estado. O evento é de autoria do deputado estadual Ismael Crispin (PSB) e discutiu a possibilidade de elaborar um planejamento que associe o desenvolvimento do Estado de Rondônia à expansão de atividades agroindustriais e que os principais setores produtivos tenham politicas públicas, capazes de fortalecer as atividade e assegurar o desenvolvimento e a geração de empregos. “Com isso, vamos privilegiar diretrizes de diversificação e verticalização de cadeias produtivas, promovendo o desenvolvimento”, disse.

A audiência foi realizada na Assembleia Legislativa e presidida pelo deputado estadual Ismael Crispin autor da propositura e 1º secretário da Mesa Diretora. “Entendo que há uma necessidade urgente de análise criteriosa das estratégias de fortalecimentos das agroindústrias do nosso estado, principalmente as que estimulem os novos empreendimentos industriais”, afirmou o deputado.

“Na análise do parlamentar, embora a atividade agroindustrial seja considerada um importante elemento para o desenvolvimento industrializado, cerca de 21% das agroindústrias em Rondônia estão pendentes de regularização, apontou.

Reflexão

“A nossa agropecuária é a nossa grande força econômica e a agricultura familiar é responsável por abastecer o mercado, mas os produtos in natura não atendem mais os anseios dos consumidores”, disse.

Foto: www.correiodenoticia.com.br

Ao falar o desembargador Walter Waltenberg, que também participa do processo de agroindústria com atividade leiteira em Rondônia, parabenizou o deputado Crispin pela iniciativa, pois acredita ser um meio eficaz para ouvir e adotar ações decisivas para suprir as necessidades do agronegócio. Ele destacou que a vida do produtor não é fácil e muitas ações ficam a desejar pela falta de incentivos e investimentos específicos. Segundo o desembargador, Rondônia possui todos os elementos necessários para a industrialização da crescente produção agropecuária. Ao encerrar, ele afirmou que hoje gera cerca de 15 empregos diretos e que pretende aumentar esse número.

Presenças

O evento ainda reuniu os deputados estaduais Chiquinho da Emater (PSB), que preside a Comissão de Indústria, Comércio, Ciência e Tecnologia, e Cirone Deiró (Podemos), que preside a Comissão de Agropecuária e Política Rural, entre outras autoridades, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Walter Waltenberg; o superintendente do Basa, Wilson Evaristo; o presidente do Banco do Povo, Manoel Serra; o superintendente comercial do Banco do Brasil, Edson Lemos; o secretário adjunto da Sedam, Edgar Menezes; o superintendente do Sebrae, Daniel Pereira; o secretário executivo da Seagri, Paulo Haddad; o presidente da Agência Idaron, Júlio César Rocha, o diretor presidente da Emater, Luciano Brandão, e o prefeito de Monte Negro, Evandro Marques.

Fonte

Redação/CNR

 12/04/19 08:06

A audiência pretende fortalecer atividades do setor produtivo e contribui para encontrar soluções no Empreendedorismo.

A Assembléia Legislativa de Rondônia realizou, ontem, quinta-feira (11) audiência pública para debater o Desenvolvimento Industrial do Estado. O evento é de autoria do deputado estadual Ismael Crispin (PSB) e discutiu a possibilidade de elaborar um planejamento que associe o desenvolvimento do Estado de Rondônia à expansão de atividades agroindustriais e que os principais setores produtivos tenham politicas públicas, capazes de fortalecer as atividade e assegurar o desenvolvimento e a geração de empregos. “Com isso, vamos privilegiar diretrizes de diversificação e verticalização de cadeias produtivas, promovendo o desenvolvimento”, disse.

A audiência foi realizada na Assembleia Legislativa e presidida pelo deputado estadual Ismael Crispin autor da propositura e 1º secretário da Mesa Diretora. “Entendo que há uma necessidade urgente de análise criteriosa das estratégias de fortalecimentos das agroindústrias do nosso estado, principalmente as que estimulem os novos empreendimentos industriais”, afirmou o deputado.

“Na análise do parlamentar, embora a atividade agroindustrial seja considerada um importante elemento para o desenvolvimento industrializado, cerca de 21% das agroindústrias em Rondônia estão pendentes de regularização, apontou.

Reflexão

“A nossa agropecuária é a nossa grande força econômica e a agricultura familiar é responsável por abastecer o mercado, mas os produtos in natura não atendem mais os anseios dos consumidores”, disse.

Foto: www.correiodenoticia.com.br

Ao falar o desembargador Walter Waltenberg, que também participa do processo de agroindústria com atividade leiteira em Rondônia, parabenizou o deputado Crispin pela iniciativa, pois acredita ser um meio eficaz para ouvir e adotar ações decisivas para suprir as necessidades do agronegócio. Ele destacou que a vida do produtor não é fácil e muitas ações ficam a desejar pela falta de incentivos e investimentos específicos. Segundo o desembargador, Rondônia possui todos os elementos necessários para a industrialização da crescente produção agropecuária. Ao encerrar, ele afirmou que hoje gera cerca de 15 empregos diretos e que pretende aumentar esse número.

Presenças

O evento ainda reuniu os deputados estaduais Chiquinho da Emater (PSB), que preside a Comissão de Indústria, Comércio, Ciência e Tecnologia, e Cirone Deiró (Podemos), que preside a Comissão de Agropecuária e Política Rural, entre outras autoridades, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Walter Waltenberg; o superintendente do Basa, Wilson Evaristo; o presidente do Banco do Povo, Manoel Serra; o superintendente comercial do Banco do Brasil, Edson Lemos; o secretário adjunto da Sedam, Edgar Menezes; o superintendente do Sebrae, Daniel Pereira; o secretário executivo da Seagri, Paulo Haddad; o presidente da Agência Idaron, Júlio César Rocha, o diretor presidente da Emater, Luciano Brandão, e o prefeito de Monte Negro, Evandro Marques.

Fonte

Redação/CNR

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA