Geraldo da Rondônia cria data para lembrar de crianças e adolescentes desparecidos no Estado

A data é comemorativa e não implica em decretação de feriado

Projeto de Lei de autoria do deputado Geraldo da Rondônia (PSC) estabelece o 22 de maio como o “Dia das Crianças e dos Adolescentes Desparecidos”, no âmbito do Estado.

A proposta cria a “Lei Nicolas Naitz” em memória as crianças e adolescentes desaparecidos em Rondônia. O nome escolhido, presta uma homenagem ao recém-nascido Nicolas, que desapareceu de forma misteriosa há cinco anos. O Bebê nasceu dentro de uma ambulância no município de Candeias do Jamari e foi levado para unidades de saúde em Porto Velho, confirmado o suposto óbito no mesmo dia.

A data não implica em decretação de feriado, ficando estabelecido o “Dia das Crianças e Adolescentes Desaparecidos”, inserido no calendário oficial de eventos do Estado de Rondônia, para fins de palestras e homenagens.

De acordo com o deputado Geraldo, a escolha da nova data, leva em conta a comoção causada em toda população com o desparecimento deste bebê de forma, até hoje, não explicada. O PL revoga a Lei nº 2327 de 14 de junho de 2010.

Foto: José Hilde

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA