Adilson fiscaliza e elogia trabalho da Secretaria de Obras durante as chuvas

Vereador cobra e acompanha de perto ações na zona urbana e rural da cidade

 

O vereador Adilson de Oliveira, ex-presidente da Câmara e prefeito por 2 meses em 2018, usou recentemente suas redes sociais para elogiar publicamente o trabalho da Secretaria de Obras neste período chuvoso por trabalhar mesmo sob condições climáticas adversas. Cobrando constantemente a Semosp, o parlamentar explica os contratempos de realizar recuperação de vias lutando contra aguaceiros.

 

“Parabenizo ao atual secretário Kalu, que vem desenvolvendo um grande trabalho à frente da pasta, mesmo com todas as dificuldades que esse período chuvoso provoca. Ele tem buscado atender nossos pedidos, pois sabe que representam pedidos da população. Parabéns ao secretário e aos funcionários da Semosp”, garante Adilson.

 

Por pelo menos 4 oportunidades desde o dia 23 de janeiro Adilson agradeceu em seu perfil oficial a ação da Prefeitura nas ruas, avenidas e estradas rurais. No mês passado, após reunião com Carlos Schramm (o popular “Kalu”), o vereador disse “acreditar na capacidade do secretário em resolver e dar continuidade nos serviços”.

 

Ainda em janeiro, Adilson fiscalizou o serviço realizado pela Semosp na reconstrução da ponte da linha 135, que foi levada pelas chuvas após construção mal executada no início de 2018.

 

Já no dia 12 de fevereiro o agradecimento veio na forma de elogio pela recuperação do cruzamento das ruas 916 e 5003, que dão acesso à FASA e UNESC, na entrada do bairro Orleans. “Indiquei que o local fosse recuperado na terça-feira, dia 5, e em menos de uma semana a Secretaria me atendeu”, pontuou.

 

Hoje, sexta-feira, dia 15 de fevereiro, Adilson também fiscalizou outra região que recebeu atenção de seu gabinete. A rua Ministro Salazar, que cruza os bairros Parque Cidade Jardim I e II, aos fundos do Cristo Rei, estava deteriorada devido à ação das enxurradas. “Nesta semana ela foi recuperada, depois de estar praticamente intrafegável. Sabemos que no período chuvoso a população vem sofrendo há anos com problemas nas ruas e avenidas da cidade. Mesmo assim, quero agradecer e parabenizar o secretário Kalu”, concluiu.

 

CHUVAS EM VILHENA – De acordo com dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) e do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), o total de chuvas de agosto de 2018 a janeiro de 2019 foi de 1.353 mm, sendo este número quase 36% maior do que a média histórica observada para o período. Além disso, de um total de 184 dias foram registrados 115 eventos de chuvas com mais de 1 mm.

 

“Entendemos os pedidos dos moradores e estamos deslocando todas as nossas máquinas para atender os pontos mais críticos. Mesmo assim, pedimos compreensão, pois o trabalho definitivo virá em boa parte da cidade apenas na seca, quando poderemos aplicar lama asfáltica, cascalho e várias obras de pavimentação devem começar”, revelou Carlos Schramm.

 

Semcom

 

Legenda

OBRAS trabalha para atender pedidos de moradores e recebe cobranças, com elogios, de vereador

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA