Deputado Jesuíno vistoria local que pode servir como extensão para o Pronto Socorro JP II

Construção abandonado do Hospital de Câncer poderá ser utilizada como opção para atendimento de pacientes do PS

O deputado Jesuino Boabaid (PMN) esteve na quarta-feira (26), vistoriando a estrutura da antiga construção do Hospital de Câncer, localizado na Estrada do Santo Antônio, Bairro do Triângulo, região Central de Porto Velho, que poderá servir como extensão do Hospital e Pronto Socorro João Paulo II.

Boabaid fez uma transmissão ao vivo, através de sua página no Facebook, pontuando a necessidade de ampliar o espaço físico para comportar pacientes que estão nos corredores do maior Pronto Socorro de urgência e emergência de Rondônia.

No último dia 14, os deputados Jesuino Boabaid (PMN) e Leo Moraes (Podemos), membros da Comissão dos Direitos Humanos da ALE-RO, estiveram fiscalizando as dependências do JP II e se comprometeram em buscar um local que possa comportar todos os pacientes de forma digna, conforme prevê a Constituição Federal.

“Foi constatado que pacientes recebem atendimentos em qualquer área do hospital, o que pode ser prejudicial à saúde, pelo risco eminente de contaminação. Macas e pacientes estão espalhados pelos corredores, enquanto outros nem maca possuem, recebendo o atendimento na cadeira”, pontuou Jesuino.

O Hospital João Paulo II – referência no atendimento de alta complexidade em Rondônia – fechou o ano passado com quase 39 mil procedimentos médicos. No total, 38.598 pessoas foram atendidas na unidade de saúde, segundo dados do setor de estatísticas da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau).

Para o deputado Jesuino Boabaid é necessário que o Estado e o Município cumpram seu papel de promoverem saúde pública de qualidade para a comunidade, respeitando a dignidade das pessoas e mostrando respeito pelos Cidadãos.

“Estarei indicando esse espaço da construção do antigo Hospital de Câncer de Rondônia para o governador eleito, coronel Marcos Rocha (PSL), para que possa ser usado como uma extensão do Pronto Socorro João Paulo II. O local é amplo, e sua estrutura é bem maior do que o atual prédio do JP II e poderá comportar pacientes para que não precisem ficar nos corredores”, finalizou Jesuino Boabaid.

Foto: Assessoria

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA