Audiência pública apresenta proposta de militarização da Escola Cristo Rei nesta quarta

Comunidade escolar da região terá oportunidade de se manifestar e entender o processo

 

Nesta quarta-feira, 5, às 18h, acontece a audiência pública na Escola Municipal Cristo Rei que vai apresentar a proposta de militarização da unidade. A ideia é que, assim como na escola Tiradentes (antigo Zilda), a escola o Cristo Rei também passe a ser gerida pela Polícia Militar do Estado de Rondônia.

 

“Nós esperamos que principalmente a comunidade da escola Cristo Rei participe. Precisamos avaliar juntos esse projeto. Vamos apresentar a proposta e as possibilidades de como pode ser viável essa ideia”, afirmou o professor e secretário de Educação do município, Clésio Costa.

 

O novo projeto já vem sendo discutido nos últimos meses entre a Prefeitura e o Governo a fim de estabelecer o reordenamento de alunos de sextos e nonos anos dentro da rede de ensino do município, em 2019. A proposta implica em outras alterações necessárias, com mudanças na escola Marcos Donadon, que hoje atende alunos do Ensino Fundamental (6º ao 9º) e passaria a receber o público de 1º ao 5º ano.

 

Serão feitas também alterações no regimento da escola. Mas, para que a militarização da escola Cristo Rei aconteça, nos moldes da escola Tiradentes, depende de cedência de servidores da Polícia Militar e aprovação na Assembleia Legislativa de Rondônia. O que já foi sinalizado como possibilidade, já que até o momento a ideia foi bem recebida.

 

A audiência será agora o momento de a comunidade conhecer os detalhes dos novos direcionamentos. A Secretaria de Educação conta com a presença de toda a comunidade para conhecer quais as propostas desenhadas para atender cerca de 800 vagas para alunos do 6º ao 9º ano na escola Cristo Rei em 2019.

 

Semcom

 

Legenda

ESCOLA poderá ter administração militar pela Polícia, como acontece hoje com a Tiradentes

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA