Após pesquisa identificar falta de lotes urbanos em Cerejeiras, Câmara de Vereadores fará nova votação para referendar loteamento na cidade

De acordo com pesquisa sobre o mercado imobiliário de Cerejeiras (RO), realizada em junho de 2018 pelo Instituto Haverroth Política Estatística e Comunicação (IHPEC), mais de 62% da população da cidade ainda não possui imóvel próprio.

 

 

Os dados da pesquisa mostram ainda que 65% das pessoas nunca tentaram adquirir um imóvel em Cerejeiras e das que tentaram, 15% acharam muito caro. Os estudos revelaram ainda que um loteamento com conceito planejado já definido no projeto, com água, esgoto, iluminação, drenagem, meio fio e asfalto, contendo lotes residenciais e comerciais, áreas públicas para praças, creches, postos de saúde e escola, tudo com padrão de construção, é muito bem visto pela maioria, 75% são a favor.

 

 

 

Atenta aos dados da pesquisa, que constatou demanda de lotes urbanos em Cerejeiras, a Câmara de Vereadores Municipal vai colocar novamente em votação o projeto que prevê um loteamento para o município. Sendo referendado, será o primeiro empreendimento imobiliário da cidade, um empreendimento que já tem o Decreto de Aprovação, aprovado pelo Executivo e demais pareceres técnicos favoráveis concluídos nas demais instâncias da Prefeitura Municipal da cidade e da Câmara Municipal.

 

 

 

O Loteamento Solar de Cerejeiras será implantado em 3 (três) fases. A Fase I será lançada com 500 lotes e, após comercializados, será lançada a Fase II. Sendo essa segunda fase também comercializada, será lançada então a Fase III. No total, o empreendimento oferecerá 1.557 terrenos a partir de 200 metros quadrados, distribuídos em 53 quadras, ocupará uma área total de 607.071,00 m² e vai contar ainda com 58.824,29 m² de áreas verdes.

 

 

 

Com a liberação do loteamento pela Câmara de Vereadores, além das áreas públicas, será doada pela loteadora responsável uma área de mais de 48 mil m2 para uso do município, que poderá utilizá-la para a construção de 150 casas populares, visando atender a população com renda inferior a 1 (um) salário mínimo, que não tem condições de adquirir a casa própria. Assim, além de atender essa demanda de lotes urbanos identificada na pesquisa, a loteadora vai contribuir com o desenvolvimento social da cidade, atendendo uma população carente que não tem condições de aquisição de imóvel próprio.

 

 

 

 

A pesquisa mostra ainda que os moradores querem adquirir um imóvel, mas buscam por um preço justo. Dos entrevistados, 82% são a favor do surgimento de um loteamento em Cerejeiras, com infraestrutura de rede de água, de esgoto, de luz com iluminação pública, de drenagem pluvial, meio fio e pavimentação asfáltica. A proposta de um empreendimento como o Solar de Cerejeiras foi muito bem aceita pelos entrevistados.

 

 

 

Saiba mais: Solar de Cerejeiras Localização: Cerejeiras, Rondônia Preço: a partir de R$ 28.000,00 Condições: financiamento próprio, entrada facilitada e condições de pagamento em até 180 meses, com prestações de R$ 295,00.

 

Assessoria

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA