Rondônia elege Marcos Rogério e Confúcio Moura

A bancada de Rondônia no Senado terá dois novos senadores. O deputado federal Marcos Rogério (DEM) foi o mais votado, com 24,06% dos votos. A outra cadeira ficará com o ex-governador do estado, Confúcio Moura (MDB) também estreante no Senado, que teve 17,06% dos votos válidos.

O primeiro colocado, Marcos Rogério da Silva Brito, 40 anos, é natural de Ji-Paraná (RO), formado em Direito e Jornalismo e mestre em Administração Pública. Na Comunicação Social, atuou como radialista e repórter de TV. Pelo PDT, foi vereador em Ji-Paraná (2009) e duas vezes eleito deputado federal (2010/2014). Na Câmara dos Deputados foi relator, no Conselho de Ética, do processo que cassou o ex-presidente Eduardo Cunha. Está em seu segundo mandato como parlamentar no Congresso Nacional.

Os suplentes são Samuel Araújo (PSDB) e Pastor Severino (DEM).

Confúcio Moura

Confúcio Aires Moura é natural de Dianópolis (TO) e tem 70 anos. É médico formado pela Universidade Federal de Goiás (UFG), e já foi sargento da Polícia Militar de Goiás. Iniciou sua vida política em Rondônia nos anos 80, quando ocupou o cargo de secretário de Saúde. Foi eleito deputado federal três vezes seguidas (1994, 1998, 2002).

Em 2004, venceu as eleições para a prefeitura de Ariquemes, município ao norte de Rondônia, sendo reeleito em 2008. Chegou ao governo do estado em 2010, sendo reeleito em 2014. Confúcio Moura deixou o cargo em abril para concorrer ao Senado.

A primeira suplente do senador é Maria Eliza (MDB). Completa a chapa o segundo suplente Carlos Milton Morais (MDB).

Senado Notícias

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA