TRE determina bloqueio de Whatsapp que atacava Marcos Rogério

Mais uma decisão do Tribunal Regional Eleitoral favorável ao candidato ao Senado, Marcos Rogério. Com ares de ineditismo, a juíza Úrsula Gonçalves Theodoro de Faria Souza determinou o imediato bloqueio do aplicativo Whatsapp de Fábio Gonçalves, que se utilizava de diversos grupos para disseminar acusações infundadas e fake news contra o candidato.

A magistrada foi enfática ao afirmar que “as notícias de cunho sensacionalista veiculadas em sítios eletrônicos com respeitabilidade duvidosa tendem a se disseminar com mais rapidez do que aquelas produzidas pelos órgãos de imprensa que gozam de maior credibilidade”, os quais, conforme destacou a juíza, “se prestam, invariavelmente, ao papel de veículos devastadores de reputações.”

Marcos Rogério já havia obtido outras duas recentes vitórias no TRE, também relacionadas a fake news, em decisões proferidas pelos juízes Jaqueline Conesuque Gurgel do Amaral e Edenir Sebastião Albuquerque da Rosa. Fábio Gonçalves foi preso sábado em Ji-Paraná acusado de extorquir uma procuradora do Município.

O candidato ao Senado Marcos Rogério comemorou a nova decisão do TRE, e disse estar confiante que os eleitores saberão discernir bem as informações que são veiculadas especialmente no período eleitoral, reconhecendo as fontes espúrias e não deixando que prejudiquem o livre exercício do voto consciente.

 

Assessoria

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA