Em reunião de cunhada, Natan Donadon rebate “fake news” e mostra que não usa tornozeleira

Após a convenção partidária do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), em Vilhena, que homologou a candidatura de Rosani Donadon (MDB) e Darci Cerutti (DEM), à prefeita e vice na cidade, uma onda de “fake news” – notícias falsas – atacando o ex-deputado federal Natan Donadon, cunhado da candidata, começaram a circular pelas redes sociais e site de notícias do Estado.

O caso que já virou polêmica, com direito a memes e ofensas, se refere à suposta tornozeleira eletrônica que Natan estaria usando na convenção da cunhada.

Numa reunião no bairro Marcos Freire realizada ontem (09) pela coligação “A Vontade do Povo”, Natan Donadon que esteve presente fez um breve discurso e tocou no assunto que viralizou rapidamente pelas redes sociais.

Irritado, o ex-deputado chamou as postagens de mentirosas e ofensivas à sua pessoa e aos membros da família com o objetivo de manchar a candidatura de Rosani Donadon à prefeita de Vilhena.

Já que o assunto era a tornozeleira, Donadon aproveitou para mostrar para as quase 300 pessoas que estavam na reunião que ele não está mais usando o aparelho eletrônico que é posto como medida cautelar alternativa à prisão.

Foto: Internauta

O ex-deputado disse que em momento algum negou já ter usado o aparelho há alguns anos, e ainda destacou que notícias como essas só mostram o desespero das pessoas.

Natan Donadon foi condenado em 2010 a 13 anos, 4 meses e 10 dias de prisão em regime fechado pelos crimes de peculato (crime praticado por funcionário público contra a administração) e formação de quadrilha. Após um tempo em Brasília, o ex-deputado mudou-se para Vilhena, e atualmente está em livramento condicional, não sendo necessária a monitoração eletrônica.

Conforme extrato simplificado de liquidação de pena, Donadon ainda deverá cumprir 7 anos, 4 meses e 7 dias.

 

 

Texto e fotos: Redação Folha de Vilhena

Fonte: Folha de Vilhenavv

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA