Em entrevista Josué Donadon nega que saída da Semosp tenha sido por pressão política

Ex-secretário se lançará a deputado estadual

 

A prefeita de Vilhena, Rosani Donadon (MDB), aceitou nesta sexta-feira (16) o pedido de exoneração do secretário municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), Josué Donadon. No lugar dele, já tomou posse Valdiney Araújo Campos.

Campos comandava desde o dia 1º de janeiro de 2017 a Secretaria de Planejamento do município.

Na manhã de hoje, Josué Donadon concedeu entrevista ao Vilhena Notícias e reforçou que sua saída era programada; ele pontuou que já havia manifestado publicamente que deixaria o comando da Semosp para dar início ao seu projeto de candidatura a deputado estadual nas eleições deste ano: “antes mesmo que surgisse a polêmica sobre a minha detenção com carro oficial por embriaguez na direção, eu já tinha dito que este era o meu último mês na Secretaria [Semosp]”.

Filiado há cerca de 10 anos ao MDB, Josué é 2º vice-presidente do diretório municipal.

AVALIAÇÃO DO TRABALHO

Josué avalia positivamente o trabalho da equipe e sua atuação frente a pasta nos últimos 15 meses. “Desde que assumi a Semosp mobilizei as equipes da pasta em prol da melhoria do município, visei não somente prestar serviços de qualidade à comunidade, mas dar condições de trabalho digna a cada servidor”, frisa.

“O trabalho foi árduo”, mas segundo Josué Donadon muito gratificante. Ele ressalta que o primeiro ano frente a pasta foi de desafio, pois precisou reestruturar a Secretaria. “Todas as máquinas que tinham condição e era viável ao município recuperar, nós as recuperamos, e hoje se tem condição de desenvolver um trabalho bom para a cidade”, destaca Donadon.

PRESSÃO POLÍTICA E AÇÃO DO MP

No dia 25 de fevereiro o secretário foi detido por dirigir embriagado com um carro oficial da prefeitura. Após fazer o teste de bafômetro o secretário foi preso e conduzido à Unisp, onde pagou fiança e foi liberado.

Depois deste episódio o vereador Rafael Maziero (PSDB) usou a tribuna da Câmara para cobrar atitude da prefeita, e pediu a exoneração de Josué. Leia: Leia: >> Vereador cobra atitude da prefeita Rosani após secretário de obras, Josué Donadon, ser preso por embriaguez ao volante com carro oficial

O caso ganhou que já era de repercussão estadual ganhou um novo capítulo na quinta-feira (15), quando o Ministério Público Estadual ajuizou ação de improbidade contra Josué Donadon por dirigir embriagado carro oficial fora do expediente.

>>> MP ajuíza ação de improbidade contra Josué Donadon por dirigir embriagado carro oficial fora do expediente

Josué nega que estivesse fora do expediente. Ele narra que naquela data estava com sua equipe realizando trabalhos numa área rural próxima ao aterro sanitário: “no momento oportuno irei provar que as alegações do MP não procedem”.

O agora ex-secretário, diz que após finalizar o trabalho deixou o local já no final da tarde e foi diretamente para a casa de um parente, onde acontecia uma comemoração familiar de aniversário, e ali ingeriu bebida. “Eu estava com minha família, não peguei o carro para ir em um bar. Sei que cometi um erro e que irei pagar por ele, mas não usei o carro para proveito próprio, isso nunca fiz”, finaliza Josué Donadon.

Valdiney Araújo Campos deixa a Secretaria de Planejamento e assume a Semosp. (Foto: Renato Spagnol)

 

FONTE: Vilhena Notícias

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA