Semosp constrói ponte beneficiando a Associação Nova Esperança, em Vilhena

A região estava comprometida quanto ao trafego local por necessidade de ponte que foi construída pela Secretaria de Obras.

 

A Secretária Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), como de costume na atual gestão realizou mais um grande trabalho nesta quarta-feira, 06, através da construção de mais uma ponte realizada na área Rural, desta vez contemplando a região pertencente à Associação Nova Esperança no setor chacareiro, distante a 40 km da cidade de Vilhena.

A pasta que já havia beneficiado as demais localidades com as mesmas ações melhorando, efetivamente o acesso de várias vias que estavam comprometidas pelas chuvas sequenciais ocorridas recentemente, solucionou as depressões contidas da estrutura e até mesmo a sobreposição das águas pluviais que passavam por cima de algumas estradas vicinais de determinadas regiões.

De acordo com o secretário municipal de obras, Josué Donadon, foi observado os pontos mais críticos para a retomada dos serviços, levando em consideração a estiagem para a realização de ações para retomar a normalidade de alguns locais abalados.

“Estamos com várias equipes dividas em busca de soluções visitando os locais e atuando com ações para minimizar os problemas com ações paliativas, ou até mesmo exercendo trabalhos efetivos diante das chuvas para contribuir com a melhoria da fluidez das estradas agravadas. Hoje, por exemplo, realizamos um grande trabalho construindo uma ponte beneficiando a região da Associação Nova Nova Esperança, que estava praticamente isolada, dificultando o acesso dos moradores da localidade e assim resolvemos a questão retomando a normalidade do trafego dos usuários desta importante via. Ressalto que outras regiões serão atendidas e os serviços serão continuados conforme determina a prefeita, Rosani Donadon, que também é uma grande defensora da área rural do município, que tem a agricultura como uns dos pilares das atividades que contribuem com a economia de Vilhena”, concluiu Josué Donadon.

Fonte: Assessoria Semosp

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA