Presidente da Câmara e vereadores debatem políticas públicas de segurança com a equipe do Programa Rondônia Mais Segura

A equipe do Programa Rondônia Mais Segura, liderada pelo Assessor Institucional da Secretaria de Segurança, Defesa e Cidadania – SESDEC, Coronel PM Gonçalves, visitou a Câmara de Vereadores de Vilhena na manhã desta terça-feira, 21 de novembro.

A reunião aconteceu no gabinete do presidente Adilson de Oliveira e contou com a presença dos vereadores Carlos Suchi, Professora Valdete, Vera da Farmácia, Rogério Golfetto, Samir Ali, Wilson Tabalipa, Rafael Maziero e Ronildo Macedo.

O objetivo da equipe é visitar os municípios do estado para conversar com a sociedade civil organizada, apresentar os eixos do programa, e ouvir sugestões de representantes municipais para implantar políticas de segurança pública em parceria com órgãos das três esferas de governo.

O programa prioriza os 22 municípios considerados mais violentos, de acordo com dados da Gerência de Estratégia e Inteligência da Sesdec (GEI). A ideia do Programa Rondônia Mais Segura é transformar essas localidades nos “Municípios Mais Pacíficos” com as ações pactuadas. O programa teve início após a crise prisional em Roraima e Rio Grande do Norte liderada pelas facções do PCC e Comando Vermelho.

Na reunião foi abordada a importância do acompanhamento dos pais no desenvolvimento da criança e adolescente e campanhas de combate a drogas. Algumas ações que o Rondônia Mais Segura propõe precisam ser discutidas com o município. São iniciativas que dependem da ação direta dos municípios com aprovação de leis e que somente os vereadores podem promover, depois de debater com a sociedade local por meio de audiências públicas.

“A Câmara de Vereadores se compromete a apoiar as ações e aprovar leis que visem diminuir a violência e o índice de homicídios dentro da nossa cidade. A educação tem que vir de casa e não da escola, precisamos de políticas públicas que chamem os pais à responsabilidade”, afirmou o presidente Adilson de Oliveira.

DICOM – Câmara de Vilhena
COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA