Prefeitura recolhe mais de 2.000 litros de óleo de cozinha que prejudicaria meio ambiente em Vilhena

Ação é coordenada pela SEMMA e visa trocar o produto por sabão líquido

A prefeitura de Vilhena, através da Secretária Municipal de Meio Ambiente (SEMMA), iniciou em maio passado projeto “Sustentabilidade”, que visa a reutilização do óleo de cozinha para produção de sabão líquido.

O projeto conta com a parceria da empresa Rondojet, detentora do “Selo Verde”, e mais 40 entidades, tais como escolas, postos de saúde, cemitério, Lar dos Idosos, abrigo, restaurantes, lanchonetes, pizzarias e uma Agente Comunitária de Saúde.

O projeto consiste na coleta de óleo de cozinha usado, conscientizar à população vilhenense para recolherem todo óleo de fritura, o que – hoje –  deve ser descartado de maneira adequada, evitando prejudicar o solo e contribuindo com a poluição do meio ambiente. Por exemplo, 1 litro de óleo pode contaminar 1 milhão de litros d’água.

Para tal ação, a SEMMA entrega um galão de 50 litros vazio, no qual é preenchido com óleo de frituras usado e, em seguida, trocado por 50 litros de sabão líquido com registro na ANVISA.

Em pouco mais de três meses, a prefeitura já conseguiu recolher considerado litros do produto.  “Desses 40 estabelecimentos, já foram recolhidos 2.000 litros de óleo e adquiriram 2.000 litros de sabão com registro da ANVISA. A ação continua em todo o município”, ressaltou Igor Felipe, coordenador do projeto.

Por sua vez, Jorge Rabello, secretário da SEMMA, destacou a importância deste projeto. “Nós fazemos a destinação para a produção do sabão e, depois de pronto, é feita a troca de um pelo outro na proporção de 1/1. É notável a alegria e satisfação dos colaboradores do projeto, por conseguir fazer a destinação correta do óleo, ser amigo do meio ambiente e ainda adquirir o sabão’’, finaliza o secretário. O lucro ambiental até o momento é a proteção de 01 (um ) bilhão de litros de água  protegidos da contaminação desse resíduo.

Secretaria Municipal de Comunicação (SEMCOM)

Prefeitura de Vilhena

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA